Veículos Elétricos | Saroléa desenvolve ‘superbike’ elétrica Manx 7
16813
post-template-default,single,single-post,postid-16813,single-format-video,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

02 Nov Saroléa desenvolve ‘superbike’ elétrica Manx 7

 

010_Elektrobike_Sarolea-Manx-7_2016_1024.png.4539538_

A Saroléa desenvolveu uma superbike totalmente elétrica, fabricada em fibra de carbono e equipada com pneus Bridgestone Battlax RS, que já foi homologada para circular nas vias públicas. A moto de corrida Manx 7 sucede diretamente à Saroléa SP7 que competiu no TT Zero da Ilha de Man em 2014 e 2015. Equipada com os Battlax VO2 da Bridgestone, esteve muito perto de chegar ao pódio na edição deste ano, depois de completar o lendário trajeto de 60 quilómetros do TT a uma velocidade média de 170 km/h. Apesar de não haver confirmação oficial diz-se que a Manx 7 vem equipada com um motor elétrico de 150 cv, o que deixa antever prestações fulgurantes.

A Saroléa planeia agora continuar a desenvolver e a fabricar na Ilha de Man motociclos elétricos de alta performance e legalmente aptos à circulação pública, através de edições limitadas – aproximando-se assim a passos largos da era dos motociclos sustentáveis movidos apenas a eletricidade.

A Saroléa é um dos mais antigos fabricantes de motociclos do mundo. A marca foi fundada em 1850 na Bélgica e produziu moticiclos até 1963. Em 2014, foi ressuscitada para produzir motociclos elétricos, encontrando-se a sua sede localizada na Ilha de Man, no Reino Unido.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Sem Commentários

Postar comentário