Veículos Elétricos | Nissan analisa método para aumentar capacidade das baterias
17269
post-template-default,single,single-post,postid-17269,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

05 Jun Nissan analisa método para aumentar capacidade das baterias

A Nissan Motor Co., Ltd. e a Nissan Arc Ltd. estão a desenvolver uma metodologia de análise atómica que irá ajudar a melhorar o desempenho das baterias de iões de lítio e, em última análise, prolongar a autonomia de condução dos veículos elétricos de zero emissões.

Esta inovação foi o resultado de um esforço combinado de I&D entre a Nissan Arc Ltd., uma filial da Nissan, a Universidade de Tohoku, o Instituto Nacional de Ciências de Materiais (NIMS) e o Instituto de Investigação de Radiação Sincrotrão do Japão (JASRI).

A análise avalia a estrutura do monóxido de silício (SiO) amorfo, amplamente reconhecido como essencial para impulsionar a capacidade das baterias de iões de lítio (Li-ion) de próxima geração, proporcionando aos investigadores uma melhor compreensão da estrutura dos elétrodos durante os ciclos de carregamento.

O silício (Si) tem capacidade para armazenar maiores quantidades de lítio, em comparação com os habituais materiais à base de carbono, mas na sua forma cristalina possui uma estrutura que se deteriora durante os ciclos de carregamento, acabando por afetar o desempenho. No entanto, o SiO amorfo é resistente a esta deterioração.

A sua estrutura de base era desconhecida, o que dificultava a produção em massa. Contudo, a nova metodologia desenvolvida pela Nissan permite uma compreensão exata da estrutura amorfa do SiO, a partir de uma combinação de análises estruturais e simulações em computador.

A estrutura atómica do SiO era considerada não homogénea, o que tornava tema de debates a sua disposição atómica concreta. As novas descobertas demonstram que a sua estrutura permite o armazenamento de um maior número de iões de lítio, o que por sua vez resulta num melhor desempenho da bateria.

“A invenção deste novo método de análise é essencial para potenciar o desenvolvimento das baterias de iões de lítio de elevada capacidade de próxima geração. Esta irá certamente tornar-se uma das nossas principais tecnologias. A utilização deste método de análise nos nossos futuros procedimentos de I&D irá contribuir para o aumento da autonomia dos futuros veículos de emissões zero”, disse Takao Asami, Vice-presidente Sénior da Nissan Motor Co., Ltd. e Presidente da Nissan Arc Ltd.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Tags:
Sem Commentários

Postar comentário