Veículos Elétricos | Daimler vai investir mais de sete mil milhões de euros na eletrificação
17369
post-template-default,single,single-post,postid-17369,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

15 Jun Daimler vai investir mais de sete mil milhões de euros na eletrificação

A Daimler vai investir mais de sete mil milhões de euros em tecnologias “verdes” nos próximos dois anos. Todos os modelos da Mercedes-Benz serão eletrificados e a smart passará a ser a única marca em todo o mundo a disponibilizar uma gama completa com versões equipadas com motor de combustão e elétrico. A Mercedes-Benz irá ainda lançar no mercado o primeiro veículo fuel-cell com tecnologia ‘plug-in’, o GLC F-Cell. Além disso, o construtor alemão está a desenvolver uma plataforma dedicada para veículos elétricos.

A ofensiva alemã passa ainda pelo alargamento da oferta de veículos híbridos plug-in, que foi iniciada com os modelos S500 e, C350 e (berlina, station-wagon), o GLE 500 e 4MATIC e o GLC 350 e 4MATIC. Ainda este ano são comercializados os modelos GLC Coupé 350 e 4MATIC e o E350 e. Este último vai receber a combinação de uma transmissão híbrida plug-in 9G-TRONIC e a mais recente geração de motores elétricos, que permitirão a este modelo assumir-se como uma referência em termos de consumo de combustível, conforto e prestações. O mais importante avanço tecnológico ocorrerá em 2017, com o ‘facelift’ do S500 e, que, pela primeira vez, irá oferecer uma autonomia em modo elétrico superior a 50 quilómetros. Segundo a Daimler, isso deve-se a novos avanços na bateria de iões de lítio juntamente com a otimização de uma estratégia inteligente de operação.

Na marca smart, a quarta geração do fortwo irá passar a disponibilizar versões elétricas nos modelos coupé e cabrio, enquanto que o forfour também terá uma variante ‘electric drive’. A estreia está marcada para o Salão Automóvel de Paris, no próximo mês de setembro. O novo smart fortwo electric drive começará por ser comercializado nos Estados Unidos no final deste ano e o lançamento na Europa irá ocorrer no início de 2017.

Posteriormente, a Daimler irá introduzir no mercado o primeiro veículo híbrido plug-in fuel cell a ser produzido em série, o Mercedes-Benz GLC F-CELL. Este veículo contará com uma bateria de iões de lítio com uma capacidade de 9 kWh, que alimentará o motor elétrico. A combinação da célula de combustível e do sistema plug-in permitirá oferecer uma autonomia combinada de aproximadamente 500 quilómetros.

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Sem Commentários

Postar comentário