Veículos Elétricos | Nissan apoia projeto europeu Fast-E
17737
post-template-default,single,single-post,postid-17737,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

19 Set Nissan apoia projeto europeu Fast-E

A Nissan é uma das entidades que participam no projeto Fast-E, apoiado pela União Europeia, para a melhoria da infraestrutura de carregamento de veículos elétricos na Europa. A marca cofinanciou este projeto com a União Europeia e oito outras empresas, representando um investimento total de 18 milhões de euros. O objetivo consiste na instalação de 278 pontos de carregamento, com intervalos de 80 quilómetros, ao longo das principais via rodoviárias da Alemanha e da Bélgica, até ao final de 2016. Desse total, 241 pontos estarão localizados na Alemanha e os restantes 37 na Bélgica. Um projeto semelhante na República Checa e na Eslováquia irá acrescentar outros 30 pontos de carregamento na Europa.

Os carregadores rápidos possuem ligações CA e CC que podem “reabastecer” um veículo elétrico, como os 100% elétricos Nissan LEAF ou e-NV200, até 80 por cento em 30 minutos, permitindo aos proprietários deste tipo de viaturas aumentar a autonomia das suas viagens.

O Fast-E é o mais recente de diversos projetos nos quais a Nissan está envolvida para ajudar a apoiar e encorajar a instalação e o desenvolvimento da infraestrutura de carregamento de veículos elétricos na Europa.

Segundo refere o Diretor de Veículos Elétricos da Nissan na Europa, Gareth Dunsmore, “o nosso investimento neste projeto é outra demonstração do compromisso da Nissan para com a criação de soluções inteligentes de mobilidade. Para além de trabalhar em vários veículos elétricos e inovadoras tecnologias de zero emissões, também investimos fortemente na infraestrutura, já que a vemos como um importante fator em garantir a acessibilidade e praticalidade dos veículos elétricos. É fantástico ter o apoio da UE neste projeto, para aumentar drasticamente o número de instalações de carregamento de VE pelas principais rodovias da Alemanha e Bélgica”.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Sem Commentários

Postar comentário