Veículos Elétricos | Mini anuncia híbrido do tipo ‘plug-in’
17860
post-template-default,single,single-post,postid-17860,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

23 Out Mini anuncia híbrido do tipo ‘plug-in’

A marca britânica Mini, detida pelo Grupo BMW, vai lançar, a curto prazo, o seu primeiro hibrido, do tipo plug-in, com capacidade para funcionar em modo totalmente elétrico. A informação oficial foi avançada por dois altos quadros do Grupo BMW, Sebastian Mackensen e Peter Wolf, que revelaram algumas das caraterísticas do futuro Mini PHEV. O veículo vai receber uma bateria de elevada voltagem, localizada sob os bancos traseiros, permitindo que a permite que a propulsão eléctrica possa ser utilizada até aos 80 km/h no modo de funcionamento Auto eDrive, e até aos 125 km/h no modo Max eDrive. Como já é normal neste tipo de motorização, também existe um modo que permite circular exclusivamente com o motor de combustão, de modo a carregar e/ou guardar a carga da bateria para utilização, por exemplo, em cidade, aqui denominado de Save Battery.

Os responsáveis da Mini adiantam que o motor de combustão irá transmitir a sua potência às rodas dianteiras, enquanto o motor elétrico terá como tarefa acionar as rodas traseiras. O sistema de gestão de energia estará ligado diretamente ao controlo eletrónico de estabilidade (DSC), otimizando a motricidade e o comportamento dinâmico.

A nível estético, o Mini PHEV não irá apresentar muitas diferenças para as versões convencionais. A tampa de acesso à tomada de carregamento está colocada no guarda-lamas esquerdo, enquanto o interior distingue-se pelo botão de arranque no centro do tablie e por um indicador de energia (powermeter) no lugar do conta-rotações.

Por: Miguel Ribeiro

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Sem Commentários

Postar comentário