Veículos Elétricos | Renault ZOE aumenta autonomia até 400 km
17978
post-template-default,single,single-post,postid-17978,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

05 Dez Renault ZOE aumenta autonomia até 400 km

A Renault introduziu uma nova bateria no modelo ZOE, com capacidade de 41 kWh, o que veio permitir aumentar a autonomia deste veículo para cerca de 400 quilómetros em ciclo europeu NEDC ou 300 quilómetros em condições reais de utilização em percursos urbanos e suburbanos. De acordo com a Renault, a nova bateria Z.E. 40 duplica a autonomia original do ZOE em ciclo NEDC e elimina a barreira psicológica que limita a aquisição de veículos elétricos. Os utilizadores podem percorrer mais distâncias com um único carregamento, fazer viagens mais longas ou mesmo deslocações inesperadas.

A nova bateria Z.E. 40 foi desenvolvida em conjunto pela Renault e pela LG Chem, oferecendo uma capacidade de 41 kWh, o que equivale quase ao dobro da bateria original com capacidade de 22 kWh. A densidade energética aumentou consideravelmente, mas a sua dimensão não sofreu alterações e tal como a bateria de 22 kWh é constituída por 192 células e 12 módulos.  A química das células da baterias foi melhorada, tendo sido utilizadas quantidades variadas dos materiais utilizados para fazer as células e foram acrescentados mais materiais que armazenam energia. A quantidade de materiais ativos nas células aumentou dez por cento na superfície ativa através da otimização do desenho da célula da bateria.

Para abastecer a bateria, a marca francesa continua a fornecer o carregador Camaleão, que se adapta aos diferentes níveis de potência disponíveis nos postos de carregamento para uma máxima eficiência. Segundo a marca francesa, obter uma carga para mais 80 quilómetros demora apenas 30 minutos num posto de carga público. Se for utilizada a função Carregamento Rápido nos postos de carga rápida existentes em corredores elétricos em algumas autoestradas europeias, o ZOE pode receber carga para mais 120 quilómetros de autonomia em apenas 30 minutos. O tempo de carga do ZOE equipado com bateria de 41 kWh e motor R90 situa-se entre as 15h00 num ponto de carga monofásico de 3,7 kW a a 1h40 num posto de carga trifásico de 43 kW.

O Renault ZOE está disponível com o motor R90, que disponibiliza uma potência máxima de 68 kW (92 cv) entre as 3.000 e as 5.000 rpm, com a nova bateria de 41 kWh ou a anterior de 22 kWh, ou com o motor Q90, o qual oferece uma potência de 65 kW (88 cv) entre as 3.000 e as 11.300 rpm, sendo comercializado apenas com a bateria de 41 kWh. Com bateria de 41 kWh, o ZOE tem uma autonomia de 400 km em ciclo NEDC (300 km reais) com motor R90 e de 370 km em NEDC (270 km reais) com o motor Q90. O ZOE dotado com bateria de 22 kWh e motor R90 apresenta uma autonomia de 240 km em ciclo NEDC, o que corresponde a cerca de 170 km em condições reais de utilização.

O Renault ZOE recebe uma nova versão exclusiva – Edition One / Bose, com bancos em pele e sistema de som com sete colunas – enquanto o nível de equipamento Intens passa a incluir espelhos elétricos que recolhem automaticamente, jantes de liga leve de 16” e revestimentos escuros no habitáculo.

O Renault ZOE com bateria de 41 kW foi apresentado ao público no Salão de Paris e já se encontra em comercialização desde o mês de outubro. As primeiras unidades serão entregues até final do ano. As fotos oficiais da marca foram captadas no nosso país.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Tags:
,
Sem Commentários

Postar comentário