Veículos Elétricos | Novo Renault ZOE Z.E. 40 chega no final de janeiro
18086
post-template-default,single,single-post,postid-18086,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

07 Jan Novo Renault ZOE Z.E. 40 chega no final de janeiro

A versão do Renault ZOE equipada com a nova bateria de 41 kWh vai começar a ser comercializada no final do mês de janeiro, em Portugal. Desenvolvida pela marca francesa e pela LG Chem, esta bateria quase duplica a sua capacidade de 22 kWh para 41 kWh, mantendo as mesmas dimensões e aumentando o peso em apenas dez quilogramas. A autonomia anunciada pela Renault para esta nova versão do ZOE é de 400 quilómetros, em ciclo NEDC, mas a própria marca reconhece que em condições reais de utilização urbana e extra-urbana corresponderá a cerca de 300 quilómetros.

A bateria Z.E. 40 possui 192 células distribuídas por 12 módulos, mas armazena praticamente o dobro da energia, graças à melhoria da química e à adição de matéria ativa.

Visando simplificar todos os tipos de trajetos, a Renault associa ao novo ZOE um conjunto de inovadores serviços conectados ZE Trip e ZE Pass, que facilitam o acesso e o carregamento nos postos públicos. Estes serviços conectados serão reforçados, no primeiro semestre de 2017, com uma nova aplicação para smartphone que oferece a navegação porta-a-porta. A elevada conetividade integrada no ZOE permite, igualmente, ajustar o carregamento em função do custo e da intensidade de carbono da eletricidade.

O Renault ZOE Z.E. 40 passa ainda a estar disponível numa nova versão que se distingue pelas novas jantes de 16”, pelos estofos em pele premium e pelo sistema de audio Bose. Como consequência, a marca decidiu atribuir a designação BOSE a este nível de equipamento.

No mercado nacional, o novo Renault ZOE 40 tem um preço de venda ao público de 24.650 euros na versão Life Flex, isto é, com aluguer de bateria, ou de 32.150 euros, com aquisição da bateria. O nível de equipamento Intens é proposto por 26.650 euros ou 34.150 euros (nas duas modalidades disponíveis), enquanto o Bose exige um investimento de 29.450 euros ou de 36.950 euros, na opção Flex e aquisição da bateria. O aluguer mensal da bateria de 41 kWh é de 69 euros.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Tags:
,
Sem Commentários

Postar comentário