Veículos Elétricos | Estratégia de mobilidade da Daimler recebeu a denominação CASE
18153
post-template-default,single,single-post,postid-18153,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

07 Fev Estratégia de mobilidade da Daimler recebeu a denominação CASE

A Daimler desenvolveu uma nova estratégia para o futuro da mobilidade que recebeu a denominação de CASE. Esta sigla representa as palavras “Connected”, “Autonomous”, “Shared & Service” e “Electric Drive”, e, ao mesmo tempo, também descreve as quatro tendências que irão alterar fundamentalmente o conceito de mobilidade nos próximos anos. Atualmente, a Mercedes-Benz e a smart já estão a desempenhar um papel importante nestas áreas. O Concept EQ, o Mercedes-Benz Vision Van e o smart electric drive estiveram em destaque na maior exposição de eletrónica de consumo do mundo – CES 2017 – que decorreu em Las Vegas, nos Estados Unidos. Nesse evento, o construtor também demonstrou soluções inovadoras para ligar os veículos a sistemas inteligentes de gestão residencial, novas funções no campo da inteligência artificial, serviços para melhorar o bem-estar e muito mais.

No campo da ligação em rede (Connected), são focados os serviços personalizados que oferecem aos clientes mais conforto e segurança através da redução do esforço aplicado durante as atividades rotineiras cansativas, como por exemplo, durante a procura de um lugar de estacionamento. No campo da condução autónoma (Autonomous), a Mercedes-Benz já oferece uma gama abrangente de funções de condução autónoma parcial e tem estado na vanguarda dos desenvolvimentos neste campo há vários anos. A empresa também é uma das pioneiras no que diz respeito a modelos flexíveis para a utilização do veículo (Shared & Service), tendo lançado o serviço de partilha de veículos car2go car com a smart em 2008. A Mercedes-Benz segue uma abordagem global para a eletrificação da cadeia cinemática (Electric Drive). Como parte integrante da nova estratégia empresarial designada de CASE, a nova marca EQ irá receber uma vasta gama de funções e caraterísticas relacionadas com a mobilidade elétrica, desde tecnologia e serviços de carregamento à reciclagem sustentável.

O Concept EQ fornece uma antevisão de uma nova geração de veículos com sistemas de propulsão elétricos alimentados por bateria. O veículo com o perfil de um SUV desportivo é o primeiro exemplar da nova marca de produtos da Mercedes-Benz para a mobilidade elétrica, a EQ, sob a qual será lançado o primeiro modelo de produção em série no segmento SUV antes do final da década. O Concept EQ oferece uma ideia da futura experiência de utilização num automóvel. O design exterior apresenta uma estética elétrica totalmente nova que também é visível no interior: o novo interface do utilizador combina emotividade com a facilidade de utilização, com um foco na operação simples através de superfícies táteis. O design assimétrico do painel de instrumentos, com o seu ecrã panorâmico de grandes dimensões, foi concebido à medida das necessidades do condutor e indica toda a informação relevante no campo de visão do condutor, como por exemplo, a velocidade do veículo, a autonomia, o conta-quilómetros parcial ou os dados da navegação e do mapa.

O sistema de navegação a bordo do Concept EQ é baseado na plataforma de mapas HERE e oferece uma vista 3D única. Para esta finalidade, o sistema utiliza a tecnologia GPU da NVIDIA. O condutor poderá pesquisar locais de interesse tais como restaurantes, centros comerciais ou atrações turísticas. Estes são destacados numa apresentação tridimensional, enquanto os restantes edifícios permanecem em segundo plano. O design dos mapas HERE reduzem o nível de complexidade visual, o que permite ao condutor reconhecer mais rapidamente a informação de elevada importância e processar de forma mais eficiente esta informação.

A smart também esteve em evidência no CES 2017 com o objetivo de demonstrar o seu papel de marca pioneira no campo da mobilidade elétrica e reclama ser o único fabricante de automóveis a oferecer toda a sua gama de modelos nas versões de motor de combustão ou de motorização elétrica com recurso a bateria como fonte de armazenamento de energia. Após a sua apresentação mundial no Paris Motor Show em 2016, os modelos elétricos smart serão lançados no mercado na primavera. Com 160 Nm de binário, os veículos elétricos com 60 kW de potência são extremamente ágeis. Um carregamento completo da bateria permite percorrer cerca de 160 km de acordo com a norma NEDC, que geralmente é suficiente para as necessidades de condução em cidade. Em função da versão nacional e da potência disponível da rede elétrica, com o potente carregador de bordo, o smart electric drive pode ser carregado em metade do tempo comparativamente ao tempo que anteriormente era necessário. Com o novo carregador rápido opcional, é possível carregar desde um nível de 0 até aos 80 por cento em menos de 45 minutos (mais uma vez em função da versão nacional e da potência disponível da rede elétrica).

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Sem Commentários

Postar comentário