Veículos Elétricos | PO SEUR vai financiar aquisição de 72 autocarros elétricos
18605
post-template-default,single,single-post,postid-18605,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

21 Jul PO SEUR vai financiar aquisição de 72 autocarros elétricos

O Governo assinou contratos de cofinanciamento com empresas de transportes para aquisição de 72 autocarros elétricos. O investimento nos novos veículos será apoiada pelo PO SEUR  -Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, incluindo a infraestruturas necessárias para a operação e manutenção, designadamente a formação de mecatrónicos, postos de carregamento.

A cerimónia de celebração dos termos de aceitação dos nove primeiros projetos aprovados pelo PO SEUR e que visam a aquisição de novos “autocarros limpos” movidos a autocarros movidos a eletricidade e a gás natural decorreu no Pavilhão de Portugal do Parque das Nações, em Lisboa, e contou com as presenças do primeiro-ministro, António Costa, do ministro do Ambiente, Matos Fernandes e do secretário de Estado e Adjunto do Ambiente, Professor José Mendes.

Dos 72 autocarros elétricos co-financiados pelo PO SEUR, os operadores de transportes públicos de Lisboa e do Porto – Carris e STCP – foram contemplados com 30 autocarros elétricos. Cada uma das empresas irá adquirir 15 unidades.

A terceira empresa com maior número de unidades (dez) co-finaciadas pelo PO SEUR é a SMTUC (Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra). Os autocarros elétricos e respetivos sistemas de carregamento destinam-se a reforçar a frota e representarão um investimento superior a 4,39 milhões de euros (sem IVA), dos quais 2.237.453,25 euros são comparticipados por fundos comunitários e os restantes 2.152.491,75 euros são suportados pela autarquia de Coimbra.

Este investimento vem permitir a renovação da frota dos SMTUC com veículos mais eficientes e que utilizam fontes de energia com melhor desempenho ambiental. Note-se que, até à entrega do Relatório Final da operação, os SMUTC comprometem-se a abater um autocarro em fim de vida por cada autocarro elétrico recebido. Os SMTUC passarão então a contar, até ao final de 2018, com oito novos autocarros elétricos de 12 metros e dois miniautocarros elétricos de 6 metros.

Já nas instalações dos SMTUC, situadas na Guarda Inglesa, será colocada uma rede de carregamento de autocarros standard com oito carregadores e de miniautocarros com dois carregadores, para carregamento completo noturno, rede essa que implica a aquisição de um novo posto de transformação elétrica. O projeto prevê ainda a contratação de assistência técnica específica e monitorização dos resultados.

Os Transportes Urbanos de Braga obtiveram co-financiamento para aquisição de seis autocarros elétricos de um leque de 31 unidades que a empresa pretende introduzir para renovar a sua frota. O investimento total ascende a 14 milhões de euros, sendo que a entidade adjudicante é a CaetanoBus. A primeira unidade chegará a Braga em maio de 2018 e quando todos os veículos forem entregues, cerca de 30 por cento da frota dos TUB será constituída por autocarros elétricos. A cidade de Braga será também a primeira cidade portuguesa a fazer a opção pela tração elétrica, a qual permitirá que o seu centro passe a ser servido por autocarros cem por cento elétricos.

Para a rede Aveirobus, operada pela Transdev, irão três autocarros elétricos, que deverão entrar ao serviço a partir de junho de 2018. A aquisição das viaturas será objecto de co-financiamento comunitário, no âmbito da candidatura apresentada pela Transdev ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (PO SEUR). “Trata-se de um investimento que aporta uma melhoria da qualidade de vida e vantagens ambientais claras. Estas viaturas vão permitir iniciar uma fase de estudo da viabilidade económica e operacional do investimento na motorização eléctrica da nossa frota. Confirmada esta viabilidade, teremos, naturalmente, todo o interesse em prosseguir com investimentos em veículos amigos do ambiente”, considera Pierre Jaffard, CEO da Transdev Portugal.

Segundo a Transdev, os novos autocarros eléctricos que vão servir o concelho de Aveiro terão as dimensões standard (12 metros de comprimento), garantindo a capacidade para transportar mais de 60 passageiros, sendo equipados com um motor eléctrico de 700V e potência máxima de 160kW. “Nos ensaios que se fizeram com um autocarro eléctrico na linha entre a estação da CP e a Universidade de Aveiro, a autonomia foi suficiente o que nos permitirá assegurar um serviço em excelentes condições”, assegura Pierre Jaffard.

O investimento previsto para este projecto estima-se em cerca de €1,441M, com a taxa de co-financiamento a fixar-se nos 51,3% do investimento total. “A aquisição destas viaturas acresce aos 12 milhões de euros de investimento médio anual realizado, em Portugal, pela Transdev nos últimos 20 anos” conclui Pierre Jaffard.

O PO SEUR irá ainda co-financiar a aquisição de dois autocarros para operação na cidade de Bragança e de um para Guimarães.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Sem Commentários

Postar comentário