Veículos Elétricos | Itália compra 22 autocarros elétricos à Solaris
18638
post-template-default,single,single-post,postid-18638,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

29 Jul Itália compra 22 autocarros elétricos à Solaris

A Solaris ganhou um contrato para o fornecimento de 22 autocarros Urbino Electric para as cidades italianas de Bergamo (12) e Milão (10). O fornecedor do sistema de tração elétrico será o fabricante polaco Medcom. O Urbino 12 Electric para o mercado transalpino vai receber eixos AVE 130 com dois motores integrados de 125 kW. A energia elétrica será armazenada em baterias High Energy com uma capacidade total de 240 kWh.

Apesar de uma preferência similar em termos de cadeia cinemática e de opção de bateria, os operadores de transportes públicos de Bergamo e Milão optaram por sistemas de carregamento diferentes. Os Urbino 12 Electric da ATM Bergamo irão utilizar um carregador externo Medcom com capacidade para carregar dois veículos em simultâneo, com uma potência de 40 kW. Por seu lado, a ATM Milano escolheu carregadores de bordo de 70 kW do mesmo fabricante.

O compartimento dos passageiros oferece ambientes diversos para motorista e passageiros. Os autocarros da ATB Bergamo terão uma lotação total de 74 passageiros, com 23 lugares sentados. Os veículos terão ar condicionado com controlo automático de temperatura e iluminação interior LED. Os autocarros terão ainda um sistema de videovigilância que inclui um ecrã de 7” na consola central do tabliê, câmara traseira e câmaras nas portas. Os autocarros também serão equipados com um sistema eletrónico de informação ao passageiro.

Os Solaris Urbino 12 Electric da ATM Milano terão 26 lugares sentados, sistema de ar condicionado, sistema automático de extinção de incêndios, sistema de videovigilância, com nove câmaras, um ecrã de 10’ na consola central e um disco para gravação de dados.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Sem Commentários

Postar comentário