Veículos Elétricos | Irizar vai fornecer autocarros elétricos a Madrid e Barcelona
18649
post-template-default,single,single-post,postid-18649,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.3,vc_responsive

07 Ago Irizar vai fornecer autocarros elétricos a Madrid e Barcelona

A Irizar celebrou, este mês, o contrato para a entrega dos primeiros 15 autocarros elétricos para Madrid e dos primeiros quatro autocarros articulados elétricos para Barcelona. As novas unidades para o mercado peninsular permitem à Irizar e-mobility ser uma referência no mercado de autocarros elétricos, em diversas cidades como Madrid, Barcelona, Valência, Bilbau e San Sebastián. Estes autocarros elétricos vão complementar a frota já existente nas cidades espanholas.

O contrato assinado com a TMB, Transportes Metropolitanos de Barcelona, que inclui os quatro autocarros articulados elétricos de 18,73 metros, modelo i2e, permite ao operador catalão abordar a primeira fase de transformação da linha H16 da cidade, numa linha 100% elétrica, zero emissões. A circulação destes autocarros articulados está prevista para junho de 2018, juntando-se aos veículos de 12 metros que circulam atualmente pela cidade, parte do projeto da Comissão Europeia ZeEus.

Por sua vez, os 15 veículos adjudicados pela EMT, Empresa Municipal de Transportes de Madrid e a Câmara Municipal de Madrid serão os primeiros autocarros elétricos da sua frota. Além da circulação destas unidades Irizar i2e serão instaladas 15 estações de carregamento noturno. A entrega destes veículos para as cidades de Madrid, Valência e Bilbau está prevista para dezembro deste ano.

Estes autocarros elétricos vão ser produzidos nas novas instalações da Irizar e-mobility, do Grupo Irizar, em Aduna. Com o início da produção em série prevê-se o aumento de 100 postos de trabalhos na empresa espanhola.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Sem Commentários

Postar comentário