easyJet prevê utilizar aviões elétricos na próxima década | Veículos Elétricos
18912
post-template-default,single,single-post,postid-18912,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

easyJet prevê utilizar aviões elétricos na próxima década

A easyJet estabeleceu um acordo com a empresa norte-americana Wright Electric que tem como objetivo apoiar os esforços desta start-up no desenvolvimento de aviões totalmente elétricos em voos de curto curso. No início deste ano, a Wright Electric anunciou a intenção de construir um avião comercial de passageiros que possa ser utilizado pela easyJet nas suas operações europeias dentro de dez anos.

A Wright Electric comprometeu-se a fabricar um avião elétrico com capacidade para 150 passageiros para competir com aparelhos da tipologia do Boeing 737 em voos com distâncias até 300 milhas.

Considerando que os voos até 300 milhas constituem cerca de 30% dos percursos realizados pelos aviões da Boeing e da Airbus e que estes dois fabricantes vendem cerca de mil aparelhos desta tipologia regional por ano, num mercado que vale cerca de 90 milhões de dólares, o potencial deste negócio é bastante elevado. Mesmo que o preço de aquisição seja mais elevado, o custo do combustível representa uma fatia considerável do custo de operação de uma companhia aérea. Isso significa que o retorno do investimento deverá ser rápido se as baterias forem carregadas com um tarifas baixas de electricidade.

 

Tags:
,
No Comments

Post A Comment