Porsche investe seis mil milhões em mobilidade elétrica | Veículos Elétricos
20048
post-template-default,single,single-post,postid-20048,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-13.4,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive

Porsche investe seis mil milhões em mobilidade elétrica

A Porsche anunciou um investimento de seis mil milhões de euros em mobilidade elétrica até 2022. A marca vai apostar em veículos híbridos Plug-in e totalmente elétricos. O plano prevê um orçamento de três mil milhões de euros para investimento em ativos e um pouco mais de três mil milhões de euros em custos de desenvolvimento.

Os três mil milhões de euros em desenvolvimento serão distribuídos nas variantes e derivados do Mission E (500 milhões de euros), na eletrificação e ‘hibridização” da gama de produtos existentes (mil milhões de euros), na expansão de algumas fábricas (algumas centenas de milhões de euros) e em novas tecnologias como infraestruturas de carregamento e mobilidade inteligente (700 milhões de euros).

Para a produção da nova gama eletrificada, a Porsche está a construir na fábrica de Zuffenhausen uma nova estufa de pintura, uma área de montagem e uma ponte para transporte das carroçarias pintadas e unidades motrizes para o final da linha de montagem. A fábrica de motores existente também está a ser ampliada para produzir unidades elétricas e a unidade de construção de carroçarias também será atualizada. O investimento está igualmente previsto para o Centro de Desenvolvimento de Weissach.

O Mission E, que criou cerca de 1.200 novos postos de trabalho, dispõe de um sistema de propulsão elétrico com 600 cv, que permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 3,5 segundos. Este modelo totalmente elétrico também vai poder acelerar e travar repetidamente sem qualquer perda de performance. A autonomia anunciada é de 500 quilómetros em ciclo NEDC.

O tempo de carregamento da bateria para 400 quilómetros será de aproximadamente 15 minutos, graças ao sistema de 800 volts.

Por sua vez, a terceira geração do Panamera vai contar uma versão híbrida Plug-in que oferece uma autonomia elétrica de até 50 quilómetros. A versão Turbo S E-Hybrid garante uma combinação excecional de desempenho e eficiência, graças ao seu motor V8 de quatro cilindros e uma potência combinada de 680 cv.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page
Tags:
No Comments

Post A Comment