Daimler Trucks apresentou camião 100% elétrico | Veículos Elétricos
20135
post-template-default,single,single-post,postid-20135,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Daimler Trucks apresentou camião 100% elétrico

Na Conferência Anual da Daimler AG, que decorreu em Estugarda, dia 21 de fevereiro, foi anunciado um investimento de 500 milhões de euros em investigação e desenvolvimento na mobilidade elétrica. Uma aposta que segue a linha já implementada pelo fabricante de camiões que, neste dia, apresentou o primeiro camião de transporte de mercadorias urbano 100% elétrico.

O eActros tem uma autonomia de 200 km, o eixo de transmissão baseia-se no ZF AVE 130, tem dois motores elétricos localizados perto dos cubos do eixo traseiro e, entre outras especificidades, permite uma carga máxima de eixo admissível de 11,5 toneladas. São necessárias entre três e 11 horas para o carregamento total das baerias, com uma ligação entre os 20 e 80 kWh num ponto móvel de carga. A tomada de carga utiliza o Combined Charging System (CCS). A rede interna LV com duas baterias convencionais de 12 volts é carregada pelas baterias de alta voltagem através de um conversor DC-DC, o que garante que funções essenciais do veículo, como luzes, piscas, traves e suspensão pneumática continuam operacionais, no caso da rede de alta voltagem falhar ou ser desligada.

As baterias são acomodadas em onze pacotes, três destes estão localizados na área do quadro, os restantes oito estão colocados por baixo. Por razões de segurança, as baterias são protegidas por caixas de aço. Em caso de colisão, as caixas cedem e deformam-se, desviando a energia das baterias sem prejudicá-las.

“A Daimler Trucks é sinónimo de liderança em inovação, aliada a uma atitude realista e pragmática. Isto é particularmente verdade quando se trata de mobilidade elétrica. Agora, queremos trabalhar em conjunto com os nossos clientes para avançar rapidamente com o desenvolvimento do eActros, para se tornar uma opção viável em operações quotidianas difíceis, tecnicamente e comercialmente. Estamos a iniciar esse processo, criando uma frota de inovação e apoiando os seus testes no ambiente de logística do dia-a-dia dos nossos clientes. Isso vai permitir-nos estabelecer exatamente o que resta ser feito, em termos de questões técnicas, infraestrutura e serviços, para tornar o Mercedes-Benz eActros competitivo”, explica Martin Daum, membro responsável pela Daimler Trucks and Buses.

A Daimler tem 10 camiões eActros em empresas parceiras que durante 24 meses os vão testar em condições reais. O objetivo é começar a produção em grande escala em 2021.

No Comments

Post A Comment