Solaris já vendeu mais de 2.500 autocarros eletrificados | Veículos Elétricos
20169
post-template-default,single,single-post,postid-20169,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Solaris já vendeu mais de 2.500 autocarros eletrificados

A Solaris Bus & Coach já vendeu mais de 2.500 autocarros eletrificados na Europa até à data, entre veículos movidos a bateria (BEV), híbridos e fuel-cell. O fabricante polaco já tem veículos eletrificados em operação no seu mercado doméstico, em França, na Alemanha, na Noruega, em Itália e na Eslováquia.

O aumento da percentagem nas vendas de autocarros híbridos e elétricos é uma tendência que já se verifica na Polónia e em outros mercado. A marca reconhece que a eletromobilidade já passou de uma “moda para uma necessidade do mercado”. A Solaris foi um dos primeiros fabricantes de autocarros elétricos e atualmente a marca diz que está preparada para produzir veículos que possam ser utilizados durante muitos anos. Todavia, apesar do sucesso de vendas, o construtor polaco de pesados de passageiros anunciou que irá continuar a investir na sua gama de produto.

“Em 2017, tivemos a estreia da versão de um autocarro elétrico da nova geração, o Solaris Urbino 18 Electric, como também da versão articulada do trólei Solaris Trollino 18. Ambos os modelos já foram encomendados por clientes da Polónia, da Bélgica e da Eslováquia”, afirma Dariusz Michalak, membro do conselho de administração da Solaris. “Este ano tencionamos apresentar três novos veículos. Um deles será o novo Solaris Trollino 24. Será um veículo biarticulado com 24 metros. Iremos começar pela versão trólei, embora o objetivo deste veículo seja a sua transformação numa plataforma para autocarros biarticulados elétricos e híbridos. A próxima estreia prevista para este ano será do Solaris Urbino 12 com tecnologia fuel cell, como também do Solaris Urbino 12 LE, de piso semirrebaixado, que terá uma tara mais baixa para garantir baixos custos de operação”. As estreias destes autocarros estão previstas para o segundo semestre de 2018.

Tags:
No Comments

Post A Comment