UPS integra rede inteligente de carregamento | Veículos Elétricos
20371
post-template-default,single,single-post,postid-20371,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

UPS integra rede inteligente de carregamento

O carregamento em simultâneo de veículos elétricos pode ser um desafio, necessitando de um reforço da rede de energia elétrica, o que implica custos elevados. Para contornar esta situação e conseguir alcançar os objetivos de aumentar o número de veículos elétricos em circulação, a UPS lidera um consórcio para implementação de uma tecnologia de carregamento nova e radical, em Londres.

Esta rede inteligente usa um servidor central que está conectado a cada posto de carregamento de veículos elétricos, bem como à fonte de energia da rede e ao armazenamento de energia no local.

O sistema adota uma abordagem “inteligente” para carregar, ao espalhar a energia durante toda a noite para que o prédio possa usar aquela de que precisa para administrar a operação logística (luzes, máquinas de classificação e tecnologias de informação) e assegurar que todos os veículos elétricos estejam totalmente carregados à hora em que são necessários de manhã, mas ao mesmo tempo nunca excedam a potência máxima disponível na rede.”

“Este grande avanço sinaliza o início do fim da dependência dos veículos tradicionais com motores a combustão, e permite que a UPS aumente o número de veículos elétricos em operação na sua central de Londres para 170 camiões, quando atualmente estava limitada a 65”, explica a empresa em comunicado.

A rede resultado do projeto Smart Electric Urban Logistics (SEUL), uma parceria entre a UK Power Networks e a Cross River Partnership, com financiamento do Departamento do Reino Unido para Veículos de Emissões Reduzidas.

“A UPS acredita que esta é uma estreia mundial, que acontece no coração de uma mega cidade. Estamos a utilizar novas tecnologias para contornar alguns obstáculos, ainda grandes, à implementação de veículos elétricos, e a anunciar uma nova geração de serviços de entrega urbana sustentável, em Londres e noutras grandes cidades à volta do mundo”, disse Peter Harris, diretor de sustentabilidade da UPS Europa.

O  mesmo responsável salientou ainda que “a nossa colaboração com a UK Power Networks e a Cross River Partnership marca um ponto de viragem importante na implementação eficiente de veículos elétricos, e que, por sua vez, irá desempenhar um papel fundamental para assegurar que a tendência global da urbanização seja sustentável. Estamos a aplicar novas tecnologias para tornar o processo de cobrança mais inteligente e o nosso serviço de entrega mais”.

Uma parte fundamental desta iniciativa consiste no uso de baterias de armazenamento de energia no local. Embora novas pilhas tenham sido implantadas nesta fase, prevê-se que, no futuro, estas possam ser baterias de segunda vida que já tenham sido usadas numa frota de veículos elétricos da UPS. Juntamente com a rede inteligente, isso abrirá caminho para uma estratégia de infraestrutura da UPS para a frota de veículos elétricos, que pode usar dinamicamente uma atualização de energia convencional, uma rede inteligente, armazenamento local e, em muitos casos, a geração de energia local, incluindo a solar e outras fontes alternativas.

A UPS introduziu os veículos elétricos na sua frota em 1930 e reintroduziu veículos elétricos modernos em 2001. Atualmente, a UPS possui mais de 300 veículos elétricos e quase 700 veículos híbridos, na Europa e nos Estados Unidos da América (EUA).

A empresa encomendou recentemente 125 novos camiões elétricos a serem construídos pela Tesla em 2019. Adicionalmente, em setembro último, a UPS anunciou que se tornará o primeiro cliente comercial nos EUA a começar a usar três camiões elétricos de médio porte da marca Daimler Trucks Fuso, chamado eCanter.

No Comments

Post A Comment