Cascais vai testar veículos autónomos | Veículos Elétricos
20778
post-template-default,single,single-post,postid-20778,single-format-video,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Cascais vai testar veículos autónomos

A Câmara Municipal de Cascais prepara-se para testar a utilização de veículos autónomos como meio de transporte público. Em parceria com a TULAlabs, empresa de Coimbra, a vila de Cascais vai testar veículos autónomos, nível 5, 100% elétricos, a circular dentro de um complexo municipal multisserviços, na Adroana, fazendo a ligação entre vários edifícios. Na fase de testes, o veículo não vai circular na via pública. Correndo tudo dentro da expetativa, até ao final do ano a autarquia quer colocar o veículo a circular num troço que liga a estação de São João do Estoril ao Centro de Saúde de São João do Estoril. Neste caso, já haverá passageiros.

À Veículos Elétricos, Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, esclareceu «a população será devidamente informada sobre a presença nas ruas deste veículo autónomo. Inicialmente, este transporte será gratuito e, posteriormente, terá o custo de qualquer outro transporte público da vila».

O veículo a ser testado é o Navya City com capacidade para 15 passageiros (11 sentados e quatro de pé) e está munido de muita tecnologia, como sensores, câmaras, GPS que, todos juntos, permitem a autonomia de nível 5, ou seja sem condutor. O Navya City tem uma velocidade máxima de 25 quilómetros/hora. A autonomia da bateria de iões de lítio tem uma potência de 33 kW/h e está estimada em nove horas. Quanto ao carregamento, para atingir 90% da carga podem ser necessárias oito horas numa tomada de 3,6 kW e quatro horas para 7,2 kW.

No Comments

Post A Comment