Mercedes-Benz revela protótipo de caravana movida a hidrogénio | Veículos Elétricos
21202
post-template-default,single,single-post,postid-21202,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Mercedes-Benz revela protótipo de caravana movida a hidrogénio

A Mercedes-Benz apresentou recentemente em Hamburgo uma autocaravana movida a hidrogénio. O protótipo é do modelo Sprinter e faz parte da estratégia eDrive da Mercedes-Benz Vans. O Concept Sprinter F-CELL encontra-se em desenvolvimento e tem como objetivos testar um novo conceito de combustível, peso do sistema, tempo de carregamento e reabastecimento, alcance e autonomia. A combustão a hidrogénio é mais uma aposta da marca da estrela em combustíveis alternativos e pode ser igualmente ajustada para veículos comerciais de distribuição e minibuses de transporte de passageiros.

Na realidade, o Concept Sprinter F-CELL é movido a eletricidade e a hidrogénio. A potência elétrica é de aproximadamente 147kW, com um torque de 350 Nm. Os três depósitos da Sprinter F-CELL podem armazenar até 4,5 quilograma de hidrogénio, o suficiente para percorrer 300 quilómetros. As configurações são várias e a Mercedes-Benz coloca a possibilidade de expandir a autonomia até 500 quilómetros mediante a colocação de um quatro depósito de hidrogénio na traseira da viatura. As baterias do F-CELL tornam-no num híbrido plug-in com mais 30 quilómetros de autonomia.

A nível estético e aerodinâmico, o Concept Sprinter F-CELL prima pela integração do depósito de hidrogénio na subestrutura e da célula de combustível na frente. A tração traseira permite igualmente ganhos ao nível do design interior do veículo.

Volker Mornhinweg, diretor-geral da Mercedes-Benz Vans, garante que a marca da estrela vai oferecer monitorização elétrica em toda a gama – “começando este ano pela eVito e em 2019 com a eSprinter”. Além disso, o Concept Sprinter F-CELL marca o início do desenvolvimento de veículos com células de combustível. “O potencial desta tecnologia é indiscutível, tanto para curtas como para longas distâncias, e o Concept Sprinter F-CELL oferece hoje uma visão sobre as possibilidades do futuro”, concluiu o responsável.

A Daimler posiciona-se entre os pioneiros na tecnologia de células de combustível. Recorde-se que no último Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt foi apresentado o SUV GLC F-CELL, um híbrido plug-in com uma combinação inovadora de célula de combustível e baterias elétricas.

No Comments

Post A Comment