Baterias usadas do Nissan LEAF ganham nova vida em Amesterdão | Veículos Elétricos
21237
post-template-default,single,single-post,postid-21237,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Baterias usadas do Nissan LEAF ganham nova vida em Amesterdão

No estádio de futebol do Ajax, em Amesterdão, está em funcionamento o maior sistema de armazenamento de energia da Europa com base em baterias de segunda vida e baterias novas de automóveis elétricos num edifício comercial. Este projeto é resultado da colaboração entre a Nissan, Eaton, BAM, The Mobility House e a ArenA Johan Cruijff, apoiado pelo Fundo de Clima e Energia de Amsterdão (AKEF) e pelo Interreg.

O sistema de armazenamento de três megawatts proporciona um fornecimento e uma utilização de energia mais fiáveis ao estádio, aos seus visitantes, edifícios vizinhos e à rede elétrica holandesa. Combinando unidades de conversão de energia da Eaton com o equivalente a 148 baterias do Nissan LEAF, este sistema de armazenamento de energia não só possibilita um sistema mais sustentável, mas também cria uma economia circular para as baterias de automóveis elétricos.

«Graças a este sistema de armazenamento de energia, o estádio poderá utilizar a sua própria energia sustentável de forma mais inteligente e, como Amsterdam Energy ArenA BV, pode vender a energia disponível armazenada nas baterias», afirma Henk van Raan, diretor de inovação da ArenA Johan Cruijff. «A ArenA fica com a garantia de uma quantidade considerável de energia, mesmo durante uma falha de energia. Como resultado, o estádio irá contribuir para uma rede elétrica holandesa estável. A ArenA Johan Cruijff já era um dos estádios mais sustentáveis do mundo e lidera a forma de introduzir inovações inteligentes como este sistema de armazenamento de energia único».

«Estamos entusiasmados por fazer parte do maior sistema de armazenamento de energia desenvolvido para um edifício comercial na Europa. Graças à ArenA Johan Cruijff conseguimos demonstrar com um caso real que a reutilização de baterias de veículos elétricos da Nissan pode contribuir para tornar todo o sistema de energia de uma cidade e de um país mais eficiente e sustentável. Estamos a colocar o nosso conceito de ecossistema elétrico no centro de um futuro sustentável, transformando a forma como conduzimos, mas também mudando a forma como vivemos», afirmou Francisco Carranza, diretor executivo da Nissan Energy

Capacidade de armazenamento flexível

O sistema de armazenamento de energia desempenha um papel importante no equilíbrio da oferta e procura de energia na ArenA Johan Cruijff. O sistema de armazenamento com três megawatts de capacidade e 2,8 MWh tem energia suficiente para alimentar vários milhares de lares. Esta capacidade também significa que a energia produzida pelos 4.200 painéis solares instalados no telhado do ArenA pode ser armazenada e utilizada de forma otimizada. O sistema de armazenamento de energia vai ainda fornecer energia de reserva, reduzindo a utilização de geradores a diesel e fornecendo apoio à rede elétrica para reduzir os picos que ocorrem durante os concertos organizados neste palco.

No Comments

Post A Comment