Conduzir com um pedal | Veículos Elétricos
21275
post-template-default,single,single-post,postid-21275,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Conduzir com um pedal

Na realidade o novo Nissan Leaf tem dois pedais como todos os veículos elétricos: um acelerador e um travão. Mas o sistema e-Pedal permite uma condução sem recorrer ao travão. Estranho? Sim, mas confortável e muito fácil de usar.

O primeiro Nissan Leaf chegou ao mercado em 2010. A maior tecnologia que lhe estava associada era o facto de ser elétrico. Oito anos depois, ser 100% elétrico é o elemento menos inovador da segunda geração Leaf. O sistema e-Pedal traz à condução um novo conforto, deixando o pedal da travagem praticamente inutilizado. Ele faz apenas falta no caso de emergência porque toda a restante condução pode ser feita com o pedal do acelerador. Possivelmente, questiona-se como é possível que o acelerador trave. É estranho, mas é mesmo verdade. Trava até imobilizar o carro por completo.

Ao libertar o acelerador, o automóvel vai desacelerar e parar completamente, até em inclinações, com uma taxa de desaceleração até 0,2g. A Nissan defende que este sistema “ajuda a reduzir a fadiga e o stress na condução do dia-a-dia pela cidade, permitindo ao condutor utilizar o pedal do travão até 90% menos do que em automóveis convencionais”.

Este sistema leva a experiência de condução para um novo nível, assim como a potência conseguida num elétrico. O Leaf tem um novo grupo motopropulsor elétrico que proporciona uma potência de 110kW (150cv) e 320 Nm de binário, melhorando a aceleração para 7,9s dos zero aos 100 km/h. A bateria é de 40 kW e tem uma autonomia de 378 quilómetros (norma NEDC) ou 415 quilómetros (norma WLTP), facilmente conseguida com a boa regeneração que o e-Pedal também permite.

Quanto ao carregamento, consegue-se 80% da carga (num carregamento rápido a 50 kW) de 40 a 60 minutos. Com uma wallbox de 7 kW o tempo aumenta para 7,5 horas.

Um carro, muita tecnologia

Além do e-Pedal, o Nissan Leaf vem também equipado com tecnologia ProPilot, que apoiada por radares e câmaras, ajusta a velocidade ao tráfego e mantém o automóvel no centro da faixa. Efetua também a gestão em situações de engarrafamento. Por outro lado, o ProPilot Park permite o estacionamento para um estacionamento completamente autónomo com o toque de um botão.

O veículo vem também equipado com a possibilidade de ativar a climatização com uma hora definida, aquecendo ou arrefecendo o veículo antes do início da viagem e, por exemplo, realizando esta tarefa durante a carga, permite poupar bateria.

Design Nissan sobressai

O design dos veículos elétricos era um dos aspetos que recebia sempre nota negativa do consumidor. Os fabricantes tomaram nota e começaram a construir automóveis muito mais apelativos. A Nissan não foi exceção e neste novo Leaf optou por um visual dinâmico, com os faróis em forma de boomerang e a grelha frontal em V, características da fabricante nipónica. O azul da grelha frontal e do friso do para-choques traseiro destacam o seu carácter 100% elétrico.

No interior, o ecrã de sete polegadas e a cores permite aceder a informação vária, como áudio, navegação e desempenho do carro. Um ponto menos positivo vai para a câmara traseira que não tem muita qualidade de imagem. O interior do novo Leaf foi totalmente redesenhado e está focado no condutor. O design inclui uma costura azul nos bancos, no painel de instrumentos e no volante. Espaço é talvez a palavra que mais ocorre ao abrir o Leaf porque há muito, o que faz deste modelo, um automóvel familiar.

O veículo está disponível a partir de 32.850 euros.

Ficha técnica

Potência: 110 kW (150 cv)

Binário: 320 Nm

Bateria: iões de lítio

Capacidade armazenagem: 40 kWh

Peso: 1,9 kg

Comprimento/largura/altura (metros): 4,49/1,79/1,54

Aceleração 0-100 km: 7,9 segundos

Velocidade máxima: 144 km/h

Autonomia: 415 km

Tempo de recarga (100%): 15 horas (16A, ligação doméstica)

7,5 horas (32A, com wallbox 7kW)

No Comments

Post A Comment