Jaguar i-Pace bate recorde da melhor volta em Laguna Seca | Veículos Elétricos
21551
post-template-default,single,single-post,postid-21551,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Jaguar i-Pace bate recorde da melhor volta em Laguna Seca

Conduzido pelo piloto profissional Randy Pobst, o Jaguar i-Pace HSE First Edition estabeleceu a melhor volta de sempre para um veículo elétrico de quatro portas totalmente de série no circuito norte-americano de Laguna Seca. As onze voltas daquela pista foram percorridas em 1m48,18s.

Com tração integral de série e preço a partir de 80.047 euros no mercado nacional, este modelo está disponível em três níveis de equipamento: S, SE e HSE – com uma First Edition proposta apenas no primeiro ano de comercialização.

O SUV elétrico da Jaguar conta com uma bateria de iões de lítio, com capacidade de 90 kWh e constituída por 432 células, que oferece uma elevada densidade energética e uma gestão térmica otimizada, permitindo recuperar até 80 por cento da carga total em 40 minutos, utilizando-se um carregador rápido de 100 kW DC.

Projetado desde início como um SUV de elevadas prestações, o i-Pace proporciona uma excelente dinâmica de condução, uma confortável utilização diária, graças ao bom equilíbrio do seu chassis. A Jaguar colocou a bateria numa possível baixa entre os eixos, garantindo uma distribuição ótima de 50:50 e um baixo centro de gravidade. Uma avançada suspensão triângulo duplo à frente e Integral Link na traseira é o garante um elevado conforto de rolamento e da rigidez lateral necessária durante uma condução dinâmico, proporcionando uma excelente comportamento, aderência e resposta da direção. A suspensão compacta e leve, que inclui tirantes e anéis em alumínio para reduzir o peso e maximizar o espaço interior.

O Jaguar i-Pace também permite ao condutor selecionar o nível de travagem regenerativa para auxiliar a melhorar a eficiência e a autonomia do veículo. Quando é selecionado o nível mais elevado de travagem regenerativa, o utilizador pode experimentar a sensação de conduzir com um único pedal em certas condições, uma vez que o veículo desacelera quando se alivia o pé do acelerador, ajudando a diminuir a fadiga do pedal de travagem quando se reduz a velocidade. A potencia máxima da travagem regenerativa pode atingir os 0,4G neste modo.

Após ter sido o primeiro construtor Premium a entrar no Campeonato do Mundo de Fórmula E em 2016 com o seu monolugar i-Type 1, a Jaguar anunciou a criação do primeiro campeonato do mundo para veículos elétricos de produção, o Campeonato eTrophy Jaguar i-Pace. A competição irá apoiar o lançamento do i-Pace e reforçar o compromisso da Jaguar e da Land Rover com a eletrificação: a partir de 2020, todas as novas gamas serão eletrificadas, com opções a bateria, híbridas Plug-in ou híbridas.

No Comments

Post A Comment