Renault aposta na melhoria da oferta elétrica | Veículos Elétricos
21675
post-template-default,single,single-post,postid-21675,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Renault aposta na melhoria da oferta elétrica

O administrador-delegado da Renault Portugal, Fabrice Crevola, adiantou à Veículos Elétricos que a marca está a investir muito em investigação e desenvolvimento para melhor a oferta do que respeita aos veículos elétricos. O objetivo é conseguir mais autonomia e menores custos.

«Estamos a investir muito em investigação e desenvolvimento. É evidente que a tecnologia vai evoluir muito e o aumento da autonomia vai ser cada vez mais rápido», disse.

No que respeita à frota comercial, Fabrice Crevola adianta que «no kangoo elétrico fizemos a mesma melhoria que fizemos no ZOE. Esta nova versão já tem mais autonomia». A Renault apresentou também este ano a Master elétrica para possibilitar a entrega de mercadorias no centro das cidades que colocam, cada vez mais, restrições de acesso para veículos térmicos.

«O Master é uma primeira resposta, mas uma resposta ainda cara», considera Fabrice Crevola, que acrescenta: «estamos a trabalhar no sentido de ter melhor resposta para a Master. O nosso objetivo futuro é propor ofertas com preços muito mais acessíveis».

No passado dia 22 de setembro, Dia Europeu sem Carros, a Renault promoveu a ação Oficina das Pessoas, retirando da oficina de Chelas, em Lisboa, e no Porto os carros para deixar as pessoas entrarem e conhecerem as gamas elétricas.

A Oficina das Pessoas permite envolver os cidadãos de forma mais empenhada, sensibilizando-os para as novas formas de mobilidade mais sustentáveis, partilhadas e eco eficientes, incentivando a utilização de energias alternativas, com baixas emissões poluentes e de elevada eficiência.

Houve demonstração de exercícios que pode fazer em casa para ter uma boa performance, como acontece nos elétricos da marca francesa; houve receitas a 1,30 euros, o custo de 100 quilómetros no ZOE e a possibilidade de partir copos, tão relaxante como conduzir um veículos elétrico.

Notícias relacionada:

Veículo-robô Ez-pro anteciopa visão de distribuição urbana da Renault

Renault apresenta master Z.E. em Lisboa

Tags:
, ,
No Comments

Post A Comment