Hyundai vai instalar painéis solares nos seus futuros modelos | Veículos Elétricos
21930
post-template-default,single,single-post,postid-21930,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Hyundai vai instalar painéis solares nos seus futuros modelos

A Hyundai está a desenvolver sistemas de carregamento solar que serão instalados em alguns modelos da marca a partir de 2019. Os painéis solares, geradores de eletricidade, serão incorporados no tejadilho ou no capô de veículos de combustão interna, híbridos ou elétricos. O objetivo consiste no fornecimento de energia elétrica adicional aos veículos para aumentar a eficiência de combustível e/ou a autonomia. A nova tecnologia de carregamento solar destina-se a complementar a principal fonte de energia do automóvel, incrementando a quilometragem e diminuindo as emissões de dióxido de carbono.

Os engenheiros e técnicos da Hyundai estão a trabalhar em três tipos de sistemas de carregamento solar: o sistema de tejadilho solar de silício de primeira geração, o sistema de tejadilho solar semitransparente de segunda geração e o carregador solar leve de terceira geração na carroçaria do automóvel.

O sistema de tejadilho solar de primeira geração, que será aplicado em modelos híbridos, inclui uma estrutura de painéis solares de silício produzidos em massa e montados num tejadilho comum. Este sistema é capaz de carregar 30 a 60 por cento da capacidade da bateria por dia, dependendo das condições climatéricas e ambientais.

O sistema de tejadilho solar semitransparente de segunda geração será aplicado, pela primeira vez no mundo, em automóveis com motores de combustão interna. Ao contrário do sistema de primeira geração, o sistema de segunda geração oferece opções com painéis transmissivos, satisfazendo também os consumidores que desejam uma sensação de liberdade. Os painéis solares semitransparentes são aplicados num teto panorâmico, mantendo a transparência durante o carregamento da bateria de um veículo elétrico ou de uma bateria adicional montada num veículo com motor de combustão interna.

O sistema de carregamento solar leve de terceira geração, atualmente na fase de estudo piloto para aplicação em modelos de veículos ecológicos, inclui uma estrutura que sobrepõe painéis solares no capô e no tejadilho, combinados de forma a maximizar a produção de energia.

O sistema é constituído por um painel solar, um regulador e uma bateria. A eletricidade é produzida quando a energia do sol entra em contato com a superfície do painel solar, convertendo os fotões da luz do sol em pares de eletrões-furos em células de silício para gerar energia solar. A instalação de um painel solar de 100 W significa que uma unidade padronizada de 1 sol (meio dia de verão, intensidade de radiação de 1000 W/ ), produz 100 Wh de energia. A transformação da fonte ocorre no regulador de carregamento, MPPT (Maximum Power Point Tracking), que controla a tensão e a corrente para aumentar a eficiência da eletricidade gerada no painel solar.

A eletricidade deste processo é transformada pelo regulador em tensão padrão e posteriormente armazenada na bateria ou utilizada para diminuir as cargas do gerador de corrente alternada (CA) do veículo.

No Comments

Post A Comment