Mercedes-Benz anuncia forte investimento em eletromobilidade | Veículos Elétricos
22224
post-template-default,single,single-post,postid-22224,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Mercedes-Benz anuncia forte investimento em eletromobilidade

A Daimler vai investir 20 mil milhões de euros na aquisição células de bateria e outros dez milhões de euros na expansão do seu portefólio de veículos elétricos com o objetivo de reforçar a sua liderança nas quatro áreas da mobilidade elétrica: “connectivity”, “autonomous”, “shared & services” e “electric”.

A Daimler também irá aplicar mil milhões de euros numa rede global de fábricas de baterias, inserida na sua rede mundial, que será constituída no futuro por oito fábricas em três continentes. A fábrica de Kamenz, na Alemanha, já se encontra em operação e uma segunda unidade nesta mesma localidade irá iniciar a produção no início de 2019.

A Daimler irá construir mais duas fábricas em Estugarda-Untertürkheim, uma outra nas instalações de Sindelfingen e mais três fora da Alemanha: Pequim (China), Bangkok (Tailândia) e Tuscaloosa (Estados Unidos). Segundo o construtor alemão, a produção local de baterias é apontada como “um fator importante de sucesso na ofensiva elétrica da Mercedes-Benz Cars e é decisiva para cumprir a procura global por veículos elétricos”.

As competências para a avaliação tecnológica das células, assim como as atividade de pesquisa e desenvolvimento serão alargadas continuamente, e vão incluir a otimização contínua da atual geração de sistemas de iões de lítio, o desenvolvimento adicional das células adquiridas no mercado mundial e a pesquisa da próxima geração dos designados sistemas pós-iões de lítio.

No âmbito da sua estratégia de eletromobilidade, a Daimler também vai investir cerca de dez mil milhões de euros na expansão do seu portefólio de veículos elétricos. O fabricante anunciou que a marca Mercedes-Benz terá várias versões eletrificadas em todos os segmentos até 2022. No total estarão disponíveis mais de 130 variantes, desde modelos com sistema elétrico de 48V ao EQ Boost e modelos híbridos plug-in, além de dez veículos totalmente elétricos movidos a bateria ou célula de combustível.

Até 2025, as vendas de veículos elétricos deverão aumentar para 15 por cento a 25 por cento, em função das preferências individuais dos clientes e do desenvolvimento da infraestrutura pública.

Além de automóveis, o portefólio elétrico da Daimler também incluirá comerciais ligeiros, autocarros e camiões.

A Daimler adianta que adotou uma abordagem holística na eletrificação das cadeias cinemáticas. Além da marca EQ, também está a desenvolver um ecossistema abrangente que, juntamente com o próprio veículo, inclui, entre outros, serviços avançados, unidades de armazenamento de energia, tecnologias de carregamento e reciclagem sustentáveis. Na sua trajetória para uma condução sem emissões de gases, a Daimler persegue sistematicamente uma estratégia de sistema de propulsão de três vias para implementar a máxima compatibilidade ambiental em todas as classes de veículos, com uma combinação inteligente dos mais modernos motores de combustão, com a eletrificação parcial através da tecnologia de 48V, com os modelos híbridos plug-in EQ e com os veículos elétricos movidos por bateria ou célula de combustível.     

No Comments

Post A Comment