Programa de testes confirma segurança do Mercedes-Benz EQC | Veículos Elétricos
22297
post-template-default,single,single-post,postid-22297,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.6,vc_responsive

Programa de testes confirma segurança do Mercedes-Benz EQC

O novo Mercedes-Benz EQC foi sujeito um a intenso programa de testes de colisão para confirmar a sua segurança passiva, assim como da bateria e de todos os componentes portadores de corrente elétrica.

A segurança do EQC na eventualidade de um acidente, foi validada no centro tecnológico da Mercedes-Benz para a segurança de veículos (TFS), o centro de testes de colisão mais avançado do mundo. Aqui, os veículos, incluindo os protótipos com baterias de elevadas dimensões, foram testados em condições de colisão severa. O resultado é um conjunto completo de medidas de construção que conferem ao EQC um elevado nível de segurança em colisão.

Para estes resultados contribuíram algumas medidas de engenharia introduzidas pelos técnicos da marca alemã como, por exemplo, uma subestrutura que circunda os componentes da cadeia cinemática localizados na secção dianteira, sendo esta unidade suportada pelos habituais pontos de apoio. A bateria, por sua vez, é circundada por uma estrutura robusta de deformação integral. Os elementos de deformação estão instalados entre a estrutura e a bateria, tendo a capacidade de absorver forças adicionais na eventualidade de um severo impacto lateral. Além disso, a bateria dispõe de uma proteção na secção dianteira para evitar que a unidade de armazenamento da bateria seja perfurada por objetos estranhos.

O sistema de alta tensão também poderá ser desativado automaticamente na eventualidade de uma colisão, dependendo da sua severidade. É feita a distinção entre um sistema de desativação reversível e um irreversível. Quando é desativado, a tensão elétrica no sistema de alta tensão exterior à bateria, é reduzida para um valor inferior ao limite de tensão de segurança num período de tempo extremamente curto.

Outra característica do abrangente conceito de segurança de alta tensão corresponde à desativação automática do processo de carregamento se for detetado um impacto quando o veículo estiver parado a recarregar num posto de carregamento rápido (carregamento DC). Existem também pontos de desativação onde as equipas de desencarceramento poderão desativar manualmente o sistema de alta tensão.

Além da segurança estrutural e do conceito de proteção da bateria, os sistemas de retenção especialmente adaptados aos modelos são particularmente importantes para os ocupantes na eventualidade de um acidente. Para o condutor, passageiro dianteiro e passageiros dos bancos laterais traseiros estão instalados cintos de segurança de três pontos com tensores pirotécnicos e limitadores de esforço (no banco central traseiro está instalado um cinto de segurança de três pontos normal).

O Mercedes-Benz EQC conta igualmente com airbags de cortina na zona do tejadilho entre os pilares A, B e C que expandem no espaço acima da cabeça do condutor, passageiro dianteiro e dos passageiros dos bancos laterais traseiros, assim como airbags laterais combinados para o tórax/bacia do condutor e do passageiro dianteiro. Também se encontram disponíveis como opção airbags laterais adicionais para os bancos laterais traseiros. Por seu lado, os airbags para o condutor e passageiro dianteiro na eventualidade de um impacto frontal severo dispõe de acionamento de dupla fase e atraso no lado do passageiro. O condutor conta ainda com airbag para os joelhos.

No Comments

Post A Comment