Mercedes-Benz eSprinter testado no Círculo Polar Ártico | Veículos Elétricos
22871
post-template-default,single,single-post,postid-22871,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Mercedes-Benz eSprinter testado no Círculo Polar Ártico

Com o objetivo de avaliar o comportamento do Mercedes-Benz eSprtinter sob as condições mais extremas, antes do seu lançamento comercial no segundo semestre deste ano, Mercedes-Benz Vans efetuou um programa de testes na região de Arjeplog, no Círculo Polar Ártico. Os testes incluíram a condução sobre um lago gelado sob uma temperatura de 30 graus negativos para avaliar os efeitos do frio extremo sobre este veículo comercial elétrico, designadamente ao nível do comportamento dinâmico, da ergonomia e do conforto. O arranque sob baixas temperaturas também foi analisado, mas numa câmara de frio, onde também foram testados os componentes da cadeia cinemática, o software e os interfaces.

A Mercedes-Benz Vans adianta que estes testes de inverno em Arjeplog vieram confirmar que a versão do Mercedes-Benz eSprinter equipada com uma bateria de 55 kWh consegue oferecer uma autonomia mínima de 100 quilómetros, enquanto em condições de clima ameno esse valor pode atingir os 150 quilómetros. O eSprinter virá equipado com uma função de carregamento rápido que permitirá recuperar cerca de 80 por cento da capacidade da bateria em cerca de 30 minutos. Esta será uma vantagem importante para uma utilização diária de uma viatura que tem de estar disponível independentemente da temperatura.

Numa primeira fase, o Mercedes-Benz eSprinter estará disponível na versão de furgão de mercadorias com teto alto e peso bruto de 3500 quilos. O compartimento de carga vão oferecer um volume útil de 10,5 m3, valor idêntico ao da versão de combustão. A capacidade de carga será de 900 quilos. Uma segunda opção no eSprinter será uma bateria com capacidade de 41 kWh, que permite aumentar a capacidade de carga para 1.040 quilogramas, oferecendo, mesmo assim, uma autonomia de aproximadamente 115 quilómetros.

No capítulo mecânico, o Mercedes-Benz eSprinter dispõe de um motor elétrico que desenvolve uma potência de 85 kW e um binário de até 300 Nm. A velocidade máxima pode ser configurada para 80 km/h, 100 km/h ou 120 km/h.

No Comments

Post A Comment