Scooters Wyze já circulam em Lisboa | Veículos Elétricos
23380
post-template-default,single,single-post,postid-23380,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Scooters Wyze já circulam em Lisboa

A startup portuguesa Wyze começou a operar em Lisboa nesta quinta-feira, dia 18 de julho. Nas ruas da capital foram colocadas 60 scooters elétricas para serem partilhadas, podendo, em breve, serem disponibilizadas mais 200 motas, todas da marca alemã Unu. As motas, com cilindrada equivalente a 50 centímetros cúbicos, podem ser reservadas através da app da Wyze por um valor de 0,25 euros por cada minuto de utilização. Este é um valor um cêntimo inferior ao praticado por outros serviços de scooters partilhadas já disponíveis em Lisboa. Cada mota disponibiliza dois capacetes e a empresa está a oferecer os primeiros 20 minutos de utilização aos novos utilizadores.

“A missão é claramente oferecer um serviço de mobilidade partilhada que começa nas scooters elétricas, mas que quero que se comece a expandir”, explica Tiago Silva Pereira, o responsável pelo projeto. Uma das ideias de rentabilização do projeto é fazer das motas, espaços publicitário, ou seja as empresas podem colocar publicidade nos veículos, tornando-os uma “espécie de anúncio ambulante”.

Temos uma parceria com a Galp. A Galp vai estar presente nas nossas motas e nos nossos capacetes”, revelou.

A empresa Wyze Mobility conta atualmente com uma equipa de sete pessoas, mas quer contratar mais colaboradores para a área de logística.

No Comments

Post A Comment