LECV vai lançar comercial baseado em táxi elétrico londrino | Veículos Elétricos
23422
post-template-default,single,single-post,postid-23422,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

LECV vai lançar comercial baseado em táxi elétrico londrino

Após ter desenvolvido um táxi elétrico com extensor de autonomia para Londres, TX, a empresa LEVC (London Electric Vehicle Company) anunciou o lançamento de um novo modelo vocacionado para a distribuição urbana. O novo modelo vai oferecer uma autonomia elétrica de 128 quilómetros e total de 606 quilómetros, graças a um motor a gasolina que funciona como gerador. 

O segundo modelo da LECV foi concebido para operações de distribuição porta-a-porta e não apenas para a última milha, estabelecendo ligações entre os centros logísticos e as cidades. O objetivo passa pela possibilidade de recolha das mercadorias no modo de extensão de autonomia antes de entrar dentro da cidade, mudando depois para modo elétrico numa zona de emissões ultra-baixas. Segundo a LECV, este segmento é dominado atualmente pelos furgões diesel de médias dimensões com capacidade de carga de uma tonelada. O sucesso alcançado pela LECV com o táxi TX revelou que os motoristas de táxis se tornaram convertidos da logística verde, com benefícios em termos de redução de custos, enquanto para os operadores de veículos comerciais a tecnologia de extensão de autonomia e-City permitirá acabar com a denominada ansiedade de autonomia.

“O transporte urbano do futuro já está a mudar rapidamente e temos uma oportunidade soberana para trazer algo novo e disruptivo a este mercado”, sublinha Joerg Hofmann, CEO da LECV. “O segmento dos comerciais ligeiros é o único que regista aumento de tráfego em Londres. Isto deve-se ao rápido crescimento do comércio eletrónico. Diariamente são realizadas 65 mil viagens únicas de comerciais para Londres, mas a mobilidade não deve prejudicar a qualidade do ar. A Zona de Emissões Ultra-Baixas de Londres é um marco e todas as grandes cidades britânicas devem introduzir zonas de ar limpo até 2020. Existe uma grande procura para um comercial ligeiro emissões zero de dimensões médias e a solução que oferecemos será mais do que capaz para ir de encontro às exigências de um mercado de logística verde em rápida mutação”, acrescenta.

As vendas anuais de furgões médios de distribuição porta-a-porta é de aproximadamente 50 mil unidades. Atualmente existe um incentivo de 3.500 libras (3.844 euros) para o abate de veículos anteriores ao Euro 6 em Londres, reforçado por um subsídio de até 8.000 libras (8.790 euros) para aquisição de comerciais movidos a novas energias.

O novo comercial da LECV será dotado com os mais elevados padrões de segurança ativa e também proporcionado níveis de conforto aos condutores que muito se aproximam dos MPV premium, graças a uma cabina projetada em função das necessidades dos utilizadores de veículos comerciais. Além disso, também irá oferecer o círculo de viragem das rodas típico dos táxis pretos britânicos. 

A LECV produz o único táxi elétrico com extensor de autonomia do mundo. Desde 2014, a sua proprietária, a Geely, investiu 500 milhões de libras na unidade de Ansty (Coventry), onde o novo comercial será produzido juntamente com o táxi TX. No futuro, a LEVC pretende reforçar a sua gama de comerciais ligeiros com novos modelos que partilharão tecnologia com a Geely Commercil Vehicles. 

No Comments

Post A Comment