Vision EQS antecipa topo de gama elétrico da Mercedes | Veículos Elétricos
23783
post-template-default,single,single-post,postid-23783,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Vision EQS antecipa topo de gama elétrico da Mercedes

A visão de um Mercedes-Benz Série S totalmente elétrico é materializada pela marca alemã com o concept-car Vision EQS. Dotado de proporções arqueadas e alongadas, este protótipo antecipa a filosofia de design de luxo progressivo dos modelos EQ da marca alemã. A divisão de cores ao nível da cintura do veículo transmite a impressão de uma paisagem envidraçada de painéis pretos que flutua na carroçaria prateada, assegurando a interligação da superfície desde a grelha frontal caraterística EQ até à traseira.

Os faróis do Vision EQS possuem tecnologia Digital Light, cada um com dois módulos de lentes holográficas, integrados na linha luminosa externa e contínua a 360 graus, o que confere ao veículo um número praticamente ilimitado de variações de luz. O logotipo da marca também possui novas funcionalidades: as 229 estrelas individuais formam uma linha luminosa perfeitamente integrada na traseira. A grelha frontal digital, composta por uma matriz de luz com 188 LEDs individuais é novidade mundial e representa um novo nível de sinalização rigorosa. Quando os painéis pretos ganham vida, as estrelas e os pixéis aparentemente flutuantes criam um atraente efeito tridimensional.

O interior do Vision EQS é inspirado no mundo dos iates de luxo. O tablier está totalmente integrado na secção dianteira do habitáculo, formando uma “escultura” interior. Com a sua arquitetura espacial e aberta, o cockpit envolve os ocupantes como o convés de um barco. 

O Vision EQS aposta na sustentabilidade com a utilização de materiais sustentáveis e tecnologicamente avançados, incluindo tecidos de microfibras Dinamica de alta qualidade em branco cristal, juntamente com acabamentos em madeira figurada, feitos de garrafas PET recicladas. Além disso também é usada pele artificial, com uma superfície finamente estruturada semelhante à pele nappa. O material usado para o revestimento do tejadilho vem de um projeto especial: foi criado um tecido têxtil de alta qualidade pela adição de uma quantidade de plástico reciclado oriundo de “resíduos oceânicos”, colocando o uso de materiais sustentáveis num nível totalmente novo.

O sistema de propulsão do Vision EQS é assegurado por motores elétricos instalados nos eixos dianteiro e traseiro e pelo conjunto de baterias integrado no piso do veículo, entre os eixos, com uma capacidade de 100 kWh. Os elevados níveis de performance são assegurados por um sistema elétrico de tração integral com distribuição variável de binário por cada eixo. O sistema de tração elétrico desenvolve uma potência superior a 350 kW e um binário de 760 Nm, que está imediatamente disponível. Em termos de prestações, a marca anuncia uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em menos de 4,5 segundos. A velocidade máxima é superior a 200 km/h. A autonomia do Vision EQS pode chegar aos 700 quilómetros, de acordo com o ciclo WLTP. A bateria pode ser carregada num posto de 350 kW, permitindo recuperar até 80 por cento da capacidade em menos de 20 minutos. 

No Comments

Post A Comment