SUV MX-30 assinala estreia da Mazda na eletromobilidade | Veículos Elétricos
23949
post-template-default,single,single-post,postid-23949,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

SUV MX-30 assinala estreia da Mazda na eletromobilidade

Primeiro modelo elétrico de produção da Mazda é um SUV, o MX-30 foi estreado mundialmente no Salão Automóvel de Tóquio, estando prevista a chegada aos concessionários europeus na marca na segunda metade de 2020. Entretanto, as pré-encomendas já arrancaram. 

O Mazda MX-30 foi projetado para oferecer uma sensação de condução muito natural e de resposta imediata nas situações do quotidiano, acelerando, virando e travando exatamente como se pretende. O seu estilo distingue-se pelas portas exclusivas do tipo freestyle e por adotar inovadoras abordagens de engenharia inerentes ao pacote e-Skyactive, que também compreende a bateria, a qual se encontra perfeitamente integrada na estrutura do veículo, reforçando a rigidez total do chassis. A bateria do MX-30 oferece uma autonomia de aproximadamente 200 km, um valor superior à média de 48 km das deslocações quotidianas dos clientes europeus.

Atendendo à importância do som na perceção do condutor do binário e da velocidade, os engenheiros da Mazda desenvolveram um sistema de som eletrónico para o habitáculo do MX-30, sincronizado com o binário do motor em termos de frequência e pressão sonoras. Segundo a Mazda, esta solução proporciona menores variações na velocidade do veículo, resultando numa condução muito estável.

O habitáculo transmite uma sensação de unidade, a partir do topo do pilar A até à extremidade da viatura. O interior é dominado por materiais ecológicos, tendo sido substituídos alguns elementos em couro real por uma alternativa vegan. Na consola central flutuante foi utilizada cortiça.   

No Comments

Post A Comment