Opel já testa novo Mokka, com versão 100% elétrica | Veículos Elétricos
24439
post-template-default,single,single-post,postid-24439,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

Opel já testa novo Mokka, com versão 100% elétrica

O novo Opel Mokka, elétrico, já anda na estrada, se bem que ainda camuflado, pronto para os primeiros grandes testes com os engenheiros da Opel. A segunda geração do Mokka é totalmente nova e a sua nova tecnologia, incluindo a tecnologia e-power, está a ser profundamente testada, configurada e validada antes do seu lançamento no mercado.

A produção terá início no quarto trimestre deste ano. As primeiras unidades a produzir serão elétricas, estando agendada a sua entrega aos no início de 2021. As unidades de teste sugerem o que se esconde sob a camuflagem: um grande “K” amarelo nos flancos verdes e pretos dos veículos de teste: K como Mokka. Simplesmente Mokka.

A nova geração dispensa o apêndice “X” na sua denominação, à semelhança do best-seller da primeira geração, aquando da sua estreia em 2012. Nessa altura, o Mokka impressionou o mundo com as suas dimensões compactas e aparência robusta. O novo modelo é igualmente compacto e robusto, mas de uma forma muito mais progressiva e moderna, surgindo ainda melhor adaptado à condução em meio urbano e ainda mais elegante, para originar uma boa presença.

“Extra eficiente, atrativo e arrojado, e, obviamente, totalmente elétrico logo desde o arranque das vendas. Os clientes podem desfrutar da versão puramente elétrica a bateria, mas estarão também disponíveis versões com motores de combustão“, adianta a Opel.

Embora ainda camuflado, o novo Mokka mostra já as suas proporções bem definidas, com projeções dianteiras e traseiras curtas, totalmente em linha com a filosofia de design Opel mais desenvolvida. A próxima geração do Mokka combina a engenharia alemã com uma linguagem de design clara e detox.

A fabricante alemã acrescenta ainda que “os condutores e passageiros poderão beneficiar de um interior totalmente digitalizado. Os designers da Opel focaram particularmente a sua atenção na redução de elementos supérfluos, concentrando-se apenas no essencial”.

Michael Lohscheller, CEO da Opel, disse que “acompanhei de perto o desenvolvimento do novo Mokka ao longo de dois anos e meio e estou muito orgulhoso deste novo Opel, que será elétrico logo desde o início! Posso assegurar que o novo Mokka será um dos modelos mais emocionantes da nossa longa história! Esta segunda geração demonstra tudo o que a Opel representa hoje e representará no futuro. Vai mudar a perceção da nossa marca. Os nossos engenheiros ainda têm muito trabalho pela frente, mas estou ansioso para apresentar o novo Mokka muito em breve”.

Tags:
,
No Comments

Post A Comment